POLICIA FEDERAL CONFIRMA, O QUE TODOS SABIAM, ENVOLVIMENTO DE POLÍTICOS COM TRAFICO DE DROGAS(COM VÍDEO)

A Polícia Federal (PF) tem indícios de uma possível conexão entre políticos brasileiros e o traficante Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca, que foi preso no dia 1º de julho de 2017, em Mato Grosso.

Ele é apontado como um dos maiores traficantes internacionais de drogas da América do Sul, inclusive com negócios em dezenas de países.

A ligação apareceu com o doleiro Carlos Alexandre de Souza, o “Ceará”, que foi preso hoje, terça-feira, durante a Operação “Efeito Dominó”.

Segundo as investigações da operação, que apura os crimes de lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas, a verba obtida pelo traficante, repassada ao doleiro, estaria sendo usada no pagamento de propina a políticos.

 

Por mais que já desconfiávamos, é assustador saber que isso pode ser verdade.

A ligação apareceu com o doleiro Carlos Alexandre de Souza, o “Ceará”, preso nesta terça-feira durante a Operação “Efeito Dominó”, que investiga lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas.

Nas investigações, a polícia verificou a atuação de dois doleiros já conhecidos em operações anteriores, como a Farol da Colina (caso Banestado) e a Lava Jato. Segundo a PF, foi possível identificar uma complexa e organizada estrutura para lavar o dinheiro do tráfico internacional.

Carlos Alexandre Souza Rocha, o Ceará, já havia firmado um acordo de colaboração premiada no âmbito da Lava Jato. A Procuradoria-Geral da República e o Supremo Tribunal Federal serão comunicados sobre a prisão do réu colaborador para avaliar as consequências da quebra do acordo.

Segundo as investigações, dinheiro obtido pelo traficante, repassado ao doleiro, estaria sendo usado no pagamento de propina a políticos.

Só poderemos confirmar essas informações no decorrer das investigações mas os indícios são muito claros — afirmou o delegado Elvis Secco, que coordenou a prisão de Cabeça Branca e foi responsável por parte importante da operação deflagrada hoje.

E a queda do helicóptero , em Minas , ligado ao Aécio , os boatos sobre o Collor , a fortuna do Calheiros , eles não só receberam propina , como também fazem parte direta do trafico de cocaína neste país .

Bons Negócios  !!

Be the first to comment

Leave a Reply