ALUNOS DE ARQUEOLOGIA SE REÚNEM EM PORTUGAL(COM VÍDEO)

Cliquem no link e assinem o blog , não querendo deixar o telefone , coloquem qualquer numero , mas confirmem a assinatura no seu e mail . Muito  Obrigado!! 

https://madmimi.com/signups/910d1facb7c84450a321f8e9a4b4c125/join

Uma pequena vila do sul de Portugal tornou-se o cenário para uma nova escola de campo da SFU em bio arqueologia neste verão. Quinze estudantes passaram seis semanas como parte de uma equipe de 35 membros que escavavam um cemitério medieval na aldeia de Cacela-Velha, no sul do Algarve, em Portugal.

A ideia da escola de campo cresceu a partir das discussões do professor de arqueologia do SFU, Hugo Cardoso, com colegas portugueses. Eles observaram a capacidade da área de explorar mais os impactos sociais, culturais, econômicos e políticos da ocupação islâmica primitiva no Portugal medieval e viram uma oportunidade.

Oferecido pela primeira vez neste verão, a escola de campo é um componente dos muçulmanos e cristãos no projeto arqueológico de Cacela Medieval: Mudança de Territórios e Identidades. A iniciativa conjunta entre a directoria cultural regional do Algarve, a Universidade do Algarve, a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e a SFU procura compreender melhor a rica história da região, após uma série de estudos anteriores entre 1997 e 2007.

Oferecido pela primeira vez neste verão, a escola de campo é um componente dos muçulmanos e cristãos no projeto arqueológico de Cacela Medieval: Mudança de Territórios e Identidades. A iniciativa conjunta entre a directoria cultural regional do Algarve, a Universidade do Algarve, a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e a SFU procura compreender melhor a rica história da região, após uma série de estudos anteriores entre 1997 e 2007.

Barbara Winter, diretora do Museu de Arqueologia e Etnologia da SFU, viajou com o grupo para Portugal. Ela diz que ao ser exposta a um lado diferente da arqueologia e vivenciar os contextos históricos e culturais únicos do site, os alunos ganharam uma perspectiva em primeira mão sobre a disciplina. A equipa da SFU foi mencionada em numerosos artigos de notícias portugueses detalhando o projecto e juntou-se a partilhar as suas descobertas com a comunidade local.fonte:http://www.sfu.ca/sfunews/stories/2018/08/students-dig-up-the-past-at-bioarchaeological-field-school-in-po.html

Bons Negócios  !!

Be the first to comment

Leave a Reply