ATAQUE A EMBAIXADA AMERICANA NA TURQUIA AGRAVA AS TENÇÕES ENTRE OS DOIS PAÍSES

Um atirador não identificado disparou seis tiros na embaixada dos EUA em Ancara, na Turquia, na manhã de segunda-feira, horário local. Ninguém ficou ferido no tiroteio, mas o incidente abalou os dois países, que estão envolvidos em uma luta diplomática amarga contra um pastor americano detido.

O gabinete do governador de Ancara disse que um atirador atirou de um carro em movimento por volta das 5:30 da manhã, horário local, com balas atingindo o portão de ferro e a parede da janela. Uma bala também atingiu o estande da guarda de segurança, informa o Washington Post. A embaixada foi fechada na época e não está claro quem são os responsáveis.

Um porta-voz da Embaixada dos EUA confirmou à AFP que um “incidente de segurança” havia ocorrido e creditou a polícia nacional turca por sua resposta. Um porta-voz do presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, twittou na segunda-feira que o ataque foi uma “tentativa aberta de criar o caos”.

O tiroteio ocorre em meio a crescentes tensões entre os EUA e a Turquia
O incidente ocorreu no contexto de uma crescente disputa diplomática e comercial entre os Estados Unidos e a Turquia.

Os dois aliados da Otan estão brigando pelo destino de Andrew Brunson, um pastor evangélico que está detido na Turquia desde outubro de 2016 por suspeita de espionagem e ligações com uma organização terrorista que Erdoğan culpa pelo golpe fracassado contra ele em 2016.

A Turquia se recusou a libertar Brunson de volta aos Estados Unidos, esperando usá-lo como moeda de barganha para obter concessões dos EUA – incluindo a extradição do clérigo muçulmano Fethullah Gülen, um rival político de Erdoğan que o presidente turco culpou por orquestrar. que golpe de 2016 e que vive no exílio na Pensilvânia.

No domingo, o governo dos Estados Unidos rejeitou uma oferta turca de condicionar a liberação de um pastor americano detido na Turquia com o perdão de bilhões de dólares em multas por supostas violações a sanções contra o Irã . A prisão de Andrew Brunson deu início à pior crise entre os dois países em décadas , reacendeu uma disputa comercial e levou a lira turca às menores cotações em meses , levando temor para investidores de todos os mercados emergentes, como o Brasil . O governo turco acusa Brunson de ter participado do golpe que tentou derrubar o presidente Recep Erdogan em 2016. Donald Trump afirma que a alegação é “ridícula” .

Uma nova leva de sanções ainda pode ser imposta pelo governo de Donald Trump contra os turcos.

Neste clima de instabilidade, até uma boa notícia vira motivo de preocupação. A Grécia deixou seu programa de resgate depois de oito anos, e passa a ser considerada capaz de caminhar com as próprias pernas. O país se comprometeu com uma série de ajustes que devem impactar seu orçamento pelo futuro próximo, num programa cujos efeitos têm sido duramente criticados por analistas internacionais . Segundo o jornal britânico Guardian , o resgate grego colocou “os interesses dos bancos à frente dos das pessoas” .fontes:https://exame.abril.com.br/mercados/ataque-a-embaixada-apimenta-crise-entre-turquia-e-eua/ https://www.vox.com/world/2018/8/20/17759078/turkey-us-embassy-shots-fired-brunson-feud

Ontem os americanos não liberaram um bilhão do Erdogan retido nos EUA ! Claro que ninguém sai dando tiro em Istambul sem consentimento do ditador Erdogan…

Bons Negócios  !!

 

Be the first to comment

Leave a Reply