AS 6 DO DIA 30/11

1-  O dia, ontem,  trouxe uma bateria de informações que, como alertei em dias recentes, pode tirar do investidor o foco no médio prazo. Cessão onerosa: sai ou não sai? Cúpula Donald Trump-Xi Jinping: haverá acordo ou não? Buscar respostas concretas para situações complexas amplificam  a ansiedade, que cresce na medida em que o final do ano se aproxima. Em 2018, a maioria dos ativos globais mostraram desempenho abaixo do esperado, o que impede que muitos fundos locais e estrangeiros ajam, com medo de que seus retornos minguem ainda mais.

2- Além da cúpula Trump-Xi, teremos a divulgação do PIB brasileiro do terceiro trimestre. Dados recentes mostram uma leve melhora em alguns indicadores – que só se traduzirão em uma economia crescente se o novo governo conseguir aprovar as reformas estruturais e o ajuste fiscal. Fique de olho na inflação da Zona do Euro e na fala de diversas lideranças do banco central europeu.

3-  A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) votou a favor de manter as regras previstas no decreto de indulto de Natal publicado pelo presidente Michel Temer (MDB) em dezembro de 2017, que afrouxou as regras para o perdão da pena de condenados por corrupção e pelos chamados crimes do colarinho branco. Mas a decisão foi adiada por dois pedidos de vista.

4-  A Polícia Civil de São Paulo afirmou saber quem são todos os integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), após a prisão de um suspeito de integrar a facção criminosa em São Miguel Paulista, bairro da zona leste da capital paulista. Com ele, foram encontradas supostas listas de todos os membros da organização. A Polícia não deu detalhes de quantos são os integrantes. A operação Echelon, finalizada no primeiro semestre por policiais civis de Presidente Venceslau (SP), onde está presa a cúpula da facção, apontava que a facção havia se expandido para todo o país e atingido a marca de 40.000 membros.

5-  O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que a proposta atual da reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional, é “um pouco agressiva para o trabalhador”. Segundo ele, o novo texto, elaborado por sua equipe econômica, será enviado ao Legislativo no início do próximo mandato e será diferente do atual nesse aspecto.

6-  A Fifa informou que o vice-presidente da câmara julgadora de seu Comitê de Ética se demitiu de seu cargo. A renúncia do malaio Sundra Rajoo ocorreu uma semana depois de ele ter sido suspenso de seu cargo por envolvimento em uma investigação sobre corrupção na Malásia. “O Comitê de Ética da FIFA tomou nota da renúncia, com efeito imediato, de Sundra Rajoo como vice-presidente de sua câmara adjudicatória”, a Fifa confirmou em comunicado em seu site oficial. Além de seu trabalho na FIFA, Rajoo é também diretor do Asian International Arbitration Centre em Kuala Lumpur. O comunicado lembra que o presidente da Câmara Julgadora, Sr. Vassilios Skouris, havia decidido em 21 de novembro que o Sr. Rajoo “não estaria envolvido em nenhuma outra atividade da Câmara Julgadora após uma investigação lançada pela Comissão Mala de Combate à Corrupção.

 

Bons Negócios  !!                                           Yochanan Pinchas 

Be the first to comment

Leave a Reply