AS 6 DO DIA 05/12

1-  A bolsa brasileira caiu, enquanto o dólar futuro subiu, na terça-feira, refletindo temores externos de que o Federal Reserve, banco central americano, possa interromper seu ciclo de aumento de juros em meio a apostas crescentes de uma recessão nos Estados Unidos a partir de 2020. Os mercados americanos repercutiam a inversão na curva de rendimentos dos Treasuries, que mostrava os prazos de três anos superando os de cinco anos – fenômeno visto como um alerta sobre uma recessão. Para o contribuidor TC Daniel Alberini, a influência do exterior está pesando sobre o mercado local, que deve refletir a turbulência externa nos próximos dias.

2-  Os juros futuros seguiram o movimento de aversão ao risco e ajustaram para cima, em bloco. Hoje, apesar de os mercados americanos fecharem, em respeito ao luto pela morte do ex-presidente George H.W. Bush, o Fed divulgará o Livro Bege, que pode repercutir. Teremos dados de PMI na Zona do Euro e o PMI de Serviços brasileiro. Notícias sobre a articulação do novo governo com o Congresso e a cessão onerosa também são temas para ficar de olho .

3-  Depois de dois votos contrários ao pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes suspendeu o julgamento no Supremo Tribunal Federal do recurso que pedia a liberação do petista e a anulação da condenação na Operação Lava Jato. Na ação, a defesa de Lula alega parcialidade na atuação de Sergio Moro nas ações contra o ex-presidente. Antes de Gilmar Mendes pedir vista (ele justificou o pedido dizendo que se trata de tema “controvertido”), haviam votado contra a libertação os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia. Este Vagabundo esta aumentando o suborno que recebera do molusco pra votar sim !

4-  A defesa de Cesar Mata Pires Filho, herdeiro da OAS, apresentou à Justiça Federal o comprovante de depósito de R$ 28,9 milhões de fiança para a libertação do empresário. Pires Filho está preso na carceragem da PF em Curitiba desde a madrugada do dia 26 de novembro. Ele é acusado de participar de um esquema de fraude, superfaturamento e desvio de verbas na construção da sede da Petrobras na Bahia.

5-  As preocupações com os mercados de títulos dos EUA sinalizando uma recessão iminente e uma guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo fizeram com que as ações europeias afundassem ainda mais na quarta-feira, após uma queda de 3% em Wall Street. As finanças foram o maior obstáculo para as ações europeias, com os investidores abandonando setores altamente sensíveis ao crescimento econômico. O índice europeu de bancos (SX7P) caiu 1,7 por cento, em linha com a tecnologia (SX8P), depois que o altamente valorizado setor de tecnologia dos EUA se vendeu. As montadoras alemãs Daimler, Volkswagen e BMW caíram de 0,5 a 0,8 por cento, superando o DAX enquanto os investidores digeriam o que parecia ser um resultado relativamente positivo da reunião dos executivos da indústria automobilística na Casa Branca. . O presidente Trump pressionou as montadoras a aumentarem os investimentos nos Estados Unidos, algo que os executivos disseram que planejavam fazer, mas não conseguiriam se o governo fosse adiante com as tarifas ameaçadas. Na Asia as bolsas ficaram no vermelho também , mas em Wall Street os futuros apontam um dia de alta , mesmo sendo muito cedo para contar com isso , pois o Trump ou qualquer outro pode sempre abrir a boca…

6-  A China expressou confiança na quarta-feira de que pode chegar a um acordo comercial com os Estados Unidos, apesar das novas advertências do presidente Donald Trump de que ele voltaria a pagar mais tarifas se os dois lados não conseguirem resolver suas diferenças. As declarações do Ministério do Comércio da China seguem um período de relativa calma de Pequim depois que Trump e o líder chinês Xi Jinping chegaram a uma trégua temporária em sua guerra comercial em uma reunião durante um jantar na Argentina no sábado. Em uma breve declaração em seu site, o ministério disse que a China tentaria trabalhar rapidamente para implementar questões específicas já acordadas, já que os dois lados “promovem ativamente o trabalho das negociações dentro de 90 dias, de acordo com um cronograma e roteiro claros”. “Estamos confiantes na implementação”, disse, chamando as últimas negociações bilaterais de “muito bem-sucedidas”. Trump, via Twitter, ofereceu a possibilidade de uma extensão do cessar-fogo, mas advertiu que as tarifas estariam de volta à mesa se as negociações não derem frutos. “As negociações com a China já começaram. A menos que sejam prorrogadas, elas terminarão 90 dias a partir da data de nosso maravilhoso e muito quente jantar com o presidente Xi na Argentina”, Trump twittou.

 

Bons Negócios  !!                                  Yochanan Pinchas 

Be the first to comment

Leave a Reply