AS 6 DO DIA 14/01

1- A busca chegou ao fim. O terrorista italiano Cesare Battisti já está a caminho de Roma, na Itália, e deve chegar ao país no início da tarde desta segunda-feira (14). Ele foi preso na noite de sábado, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e foi entregue às autoridades italianas na tarde de domingo (13). Em seu país de origem, ele deverá cumprir pena por quatro assassinatos cometidos na década de 1970.

2- O novo governo, ao que parece, vai ter que negociar com o “velho” Renan Calheiros (PMDB). Aliados do senador começaram a receber indicações de que o emedebista tem o apoio do ministro da Economia, Paulo Guedes, na disputa pela presidência do Senado — ele facilitaria a aprovação da reforma da Previdência, na perspectiva do superministro.

3- A economia alemã está com problemas, e os economistas estão preocupados com a possibilidade de a Alemanha entrar em recessão.
 Na terça-feira, o escritório de estatísticas da Alemanha divulgará sua estimativa preliminar do PIB do quarto trimestre. Indicadores econômicos recentes sugerem que o número não será bonito: a produção industrial alemã caiu em novembro, a pior queda desde 2009.
 Economistas tipicamente consideram uma recessão começar depois de dois trimestres consecutivos de queda na produção econômica. A economia alemã encolheu 0,2% no terceiro trimestre, então isso marcaria o segundo trimestre consecutivo de declínio econômico.

4- O mercado de ações ignorou principalmente a paralisação parcial do governo dos EUA. Até agora, o impacto econômico de uma paralisação de várias semanas tem sido mínimo, embora certamente tenha sido doloroso para centenas de milhares de funcionários do governo que não estão recebendo seus contracheques.
 No entanto, o fechamento pode começar a arrastar a economia se continuar. A agência de classificação de risco Standard & Poor’s disse na sexta-feira que a economia dos EUA já perdeu US $ 3,6 bilhões e vai cortar US $ 1,2 bilhão do PIB dos EUA a cada semana que a paralisação se arrastar.
 Eventualmente, prejuízos econômicos indiretos podem se acumular: as pessoas cancelaram as férias em parques e museus, e as empresas contratadas pelo governo poderão demitir funcionários. Se a paralisação continuar, isso poderá ter um impacto real no PIB do primeiro trimestre.

5- Salão do Automóvel de Detroit: O mais proeminente Salão do Automóvel dos Estados Unidos anunciará seu prêmio 2019 de Carro, Caminhão e SUV do Ano na segunda-feira.
 Ford (F) e Volkswagen também devem formalizar sua parceria amplamente esperada no show na terça-feira. A Ford disse que planeja gastar US $ 11 bilhões em novas tecnologias e reformular o foco da empresa nos próximos três a cinco anos. Encontrar alguém para compartilhar esses tipos de custos será crucial para seu sucesso.

6- Os dados comerciais surpreendentemente fracos da China levaram a uma parada de quatro dias nas bolsas europeias na segunda-feira, com ações de luxo e tecnologia liderando a queda, com os investidores preocupados com a desaceleração do crescimento global e com ganhos menores do que o esperado. Varejistas de artigos de luxo, que dependem do apetite por bolsas e jóias da florescente classe média da China, suportam o peso da venda. Na Asia as bolsas fecharam no vermelho e os futuros dos EUA apontam para uma abertura em queda em Wall Street.

Bons Negócios !!___________________ Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply