AS 6 DO DIA 04/03

1- Empregos, empregos, empregos: no mês passado, analistas assistiram ao relatório de empregos dos EUA em busca de sinais de danos causados ​​pela paralisação parcial do governo. Mas o crescimento do emprego em janeiro foi surpreendentemente forte. A economia dos EUA acrescentou 304.000 empregos – o 100º mês consecutivo de ganhos.

2- Outro relatório sólido poderia estimular os mercados, que encerraram fevereiro com uma nota positiva. O Dow aumentou 3,7%. O S & P 500 terminou 3% e o Nasdaq, 3,4%.

3- Os mercados de ações da Europa estão subindo na segunda-feira, impulsionados pelas boas novas que vem do acordo China&EUA. Na Asia os mercados fecharam em alta e os Futuros norte-americanos apontam para uma abertura em alta em Wall Street.

4- O risco de um “Hard Brexit” também parece muito menor do que há algumas semanas. Enquanto a direção política é incerta, os brexistas parecem estar suavizando sua oposição ao acordo de retirada negociado pela primeira-ministra Theresa May. E nas últimas duas semanas, os reguladores de ambos os lados do canal assinaram planos para permitir que as finanças internacionais funcionem da mesma forma que agora, pelo menos por um período de transição.

5- Os Estados Unidos e a China parecem estar próximos de um acordo que reduziria as tarifas dos EUA em bens chineses no valor de US $ 200 bilhões, enquanto Pequim promete mudanças estruturais na economia e elimina as tarifas de retaliação sobre produtos dos EUA, informou uma fonte informada sobre as negociações. . O presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping, podem selar um acordo formal em uma cúpula em 27 de março, dado o progresso nas negociações entre os dois países, informou o Wall Street Journal no domingo. Em uma guerra comercial de oito meses, os Estados Unidos impuseram tarifas punitivas de US $ 250 bilhões em importações da China, enquanto Pequim reagiu com tarifas sobre US $ 110 bilhões em bens dos EUA, incluindo soja e outras commodities. As ações agitaram os mercados financeiros, interromperam as cadeias de fornecimento de manufatura e reduziram as exportações agrícolas norte-americanas. Autoridades da administração Trump disseram que esperam que os dois presidentes “fechem” um acordo em uma cúpula nas próximas semanas na propriedade de Trump em Mar-a-Lago, na Flórida. A fonte informada sobre as negociações disse que nenhuma data para uma cúpula foi determinada, mas que Pequim reservou uma janela de 10 dias de cerca de 20 de março para uma possível cúpula.

6- Após a reconsideração do ministro Gilmar Mandes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal de São Paulo, determinou na sexta-feira, 1, uma imediata conclusão da ação penal na qual O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza é composto por supostos desvios de R $ 7,7 milhões que são necessários na indenização de moradores impactados pelas obras do Rodoanel Sul e da Ampliação da Avenida Jacu Pêssego. This processo, Vieira de Souza é acusado por crimes de pecuato (desvio de progresso), inserção de dados em sistemas de informação e formação de quadrilha. A denúncia é da força-tarefa da Lava Jato São Paulo. “Em razão da decisão proferida em 1 de março de 2019 na Medida Cautelar no Habeas Corpus nº. 167.727 – São Paulo que tramita o E. Supremo Tribunal Federal, que reconsiderou uma decisão liminar proferida nos autos em 13/02/2019, tornou-se prejudicada nos pedidos formulados pelas Defesas dos Réus após a apresentação das alegações finais escritas, e Assim, a situação penal para a prolação da sentença de mérito, afirmou a magistrada. Na quinta-feira, 7, o ex-diretor da Dersa completa 70 anos de idade, o que vai fazer no prazo prescricional pela metade. O estabelecido no artigo 109 do Código Penal.

Bons Negócios !!______________________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply