AS 6 DO DIA 15/03

“PEC são 308 votos. Ganhar bem na CCJ em um ambiente propício (com grande maioria governista) é obrigação e dará gás para próximas etapas. Imagine se ganha por votação apertada neste ‘ambiente controlado’?”
Gabriel Lobato Teixeira (@galobato)

1- As negociações comerciais da Sino-EUA voltaram a se concentrar hoje, depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, sinalizou otimismo ao dizer que “estamos indo muito bem com as negociações da China” e que “estamos recebendo o que temos para conseguir”. Ele também disse “de um jeito ou de outro, vamos saber nas próximas três ou quatro semanas”.

2- A bolsa adiou a chegada à marca histórica dos 100 mil pontos. E se depender da agenda de sexta-feira, pode ficar para semana que vem. Isso porque amanhã tem vencimento quádruplo de contratos de derivativos em Nova Iorque, um prenúncio de volatilidade no pregão. A produção industrial nos Estados Unidos em fevereiro também deve repercutir no mercado após a divulgação nesta quinta-feira de números de vendas de casas novas nos EUA abaixo do esperado. Esse indicador, combinado com a desaceleração maior que a prevista da indústria na China, pesou sobre os mercados, ainda mais em meio às incertezas sobre as negociações comerciais entre Washington e Pequim após a informação de que os presidentes Donald Trump e Xi Jinping não vão se encontrar neste mês. Enquanto isso, o Parlamento britânico votou a favor da proposta da premiê Theresa May de postergar a data do Brexit, como é chamada a saída do Reino Unido da União Europeia. Neste contexto, ao fim de uma sessão com volume financeiro de R$9,57 bilhões, abaixo da média dos últimos dias, o índice Bovespa caiu 0,30% a 98.604 pontos.

3- Já os juros futuros atravessaram forte alta nos prêmios de risco, em toda a curva de vencimentos, depois da derrocada da última sessão. O contrato DI para vencimento em janeiro 2020 avançou 3,5 pontos-base para 6,380%. Além de acompanhar a subida do dólar em um cenário de menor apetite ao risco de emergentes, operadores notaram algum ajuste nas apostas sobre o rumo da taxa básica de juros, a Selic, diante de dados de vendas no varejo, que mostraram um quadro menos dramático da retomada econômica. As vendas no varejo cresceram 0,40% em janeiro, ante o consenso de 0,20%. Um panorama melhor do que o indicador publicado na véspera mostrando retração mais intensa da produção industrial no País. A propósito, a agenda interna reserva para sexta-feira o índice de preços IGP-10, referente a março, e o Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-Br, que serve como uma prévia do resultado do PIB brasileiro. Destaque também para o leilão de aeroportos na B3 que indicará a atratividade do Brasil perante os investidores.

4- O Facebook e suas várias plataformas continuaram a enfrentar algumas paralisações na quinta-feira, com as questões se estendendo além de 14 horas – supostamente a maior interrupção da rede social.
Alguns usuários do Facebook e outras plataformas de propriedade da gigante de tecnologia – incluindo Instagram, Messenger e WhatsApp – relataram problemas intermitentes acessando os serviços e postando conteúdo.
Os problemas começaram na tarde de quarta-feira, forçando o Facebook a usar o Twitter para fornecer uma explicação.
Às 12:41 ET Quinta-feira, Instagram postou um tweet que dizia: “Anddddd … estamos de volta” com um gif de Oprah Winfrey. Usuários na Ásia e na Europa ainda pareciam estar tendo problemas com o Facebook na manhã de quinta-feira.
A longa interrupção provavelmente incomodará os anunciantes que gastam grandes quantias de dinheiro para alcançar clientes em potencial nas plataformas do Facebook. A principal rede social da empresa tem mais de 2,3 bilhões de usuários, e o Instagram tem mais de 1 bilhão.

5- O senador Flavio Bolsonaro usou o Twitter para prestar suas condolências às famílias do ataque à escola em Suzano e também para dizer que a tragédia “atesta o fracasso do malfadado estatuto do desarmamento”. Na mesma linha foi o deputado Major Olímpio, que afirmou que o ataque teria sido evitado se os funcionários da escola estivessem armados. Já o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que “essas coisas não aconteciam no Brasil”, e negou relação do ataque com a flexibilização da posse de armas, autorizada por Bolsonaro.

6- As ações da Europa subiram nesta sexta-feira, atingindo um pico de cinco meses , quando os investidores aplaudiram os sinais positivos sobre as negociações comerciais entre EUA e China e depois que os legisladores britânicos votaram pelo adiamento de uma possível saída caótica da União Européia. Na Asia as ações fecharam em alta expressiva e os futuros norte americanos apontam para um abertura em Wall Street seguindo o mesmo caminho otimista .

Bons Negócios !!____________________Yochanan Pinchas




Be the first to comment

Leave a Reply