A MULHER MUÇULMANA TEM QUE ESCONDER O ROSTO?

Não procure mais do que 50 anos atrás – fotografias do Egito, Turquia, Irã, Afeganistão.

Há um vídeo de Gamal Abdul Nasser dirigindo-se a uma audiência no Cairo (uma multidão mista de homens e mulheres, NENHUM com o cabelo coberto). Ele diz algo sobre alguns malucos que querem que as mulheres fiquem com as cabeças cobertas, e toda a platéia ri, tipo, ‘isso nunca vai acontecer!’. Não foi feito por gerações.

“Modéstia” para as mulheres é exigida pelo Alcorão, seja lá o que isso signifique. Em um tempo e lugar onde o Islã já conquistou; essencialmente todo mundo é muçulmano; todo o país e seus países vizinhos são muçulmanos, então não há necessidade de conquista / jihad … o uso do véu geralmente desaparece. Não é mais necessário – porque sua principal função é ajudar a jihad. É por isso que os exemplos que dei acima.

Seu uso retorna quando há novo território para conquistar e o Islã retorna ao seu estado natural de agressão religiosa. É um sinal de quem é e não é muçulmano.

1) sua proliferação nas ruas grita “nós estamos aqui, e não estamos nos escondendo ou tentando nos misturar com você; e

2) mais importante, diz quais mulheres não são alvos livres para agressão sexual.

A mensagem aqui pode ser indireta, mas se mostra: há uma classe de pessoas dominantes cujas mulheres são protegidas e, se você não se unir a essa classe, você, como mulher, será um alvo; e você como homem – para quem isso é principalmente direcionado – vocês, homens infiéis, estão sujeitos à mais dolorosa desonra que um homem pode sofrer: o molestamento sexual de suas mulheres.

Bons Negócios !!____________________Alexis Jemima

Be the first to comment

Leave a Reply