CAMBIO 17/04

O dólar foi cai no início do pregão na Europa na quarta-feira, depois que o crescimento econômico ligeiramente mais rápido do que o esperado da China no primeiro trimestre estimulou uma nova alta nas moedas de commodities. Mais cedo, o departamento de estatísticas da China disse que o produto interno bruto cresceu 6,4% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, um nível acima dos 6,3% esperados. Isso deveu-se aos sinais de uma forte recuperação tanto na produção industrial quanto nas vendas no varejo em março, sugerindo que os dois pilares principais da economia chinesa estão respondendo às medidas de estímulo do governo e agora recuperando o ímpeto. O yuan chinês subiu para o patamar de quatro semanas em relação ao dólar após a notícia, mas o maior ganhador foi o par AUD / USD, que subiu 0,25% para seu nível mais alto desde fevereiro, com os comerciantes cotando em um cenário mais otimista para a commodity chinesa.

No Brasil , os investidores têm buscado posições defensivas, o que ajuda a explicar o dólar de volta aos R$3,90, maior patamar em duas semanas, com alta dos juros futuros. O dólar futuro seguiu a tendência da moeda americana no exterior, além de receio de atraso na tramitação da Previdência. Investidores também aguardavam o desfecho da polêmica envolvendo a política de preços da Petrobras, que criou ruídos para a agenda liberal do governo.

EUR/USD__________________1,13134

GBP/USD__________________1,30445

USD/BRL____________ _____3,90433

USD/ILS___________________3,57765

Bons Negócios !!___________________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply