CAMBIO 15/05

O dólar subiu no início do pregão na Europa na quarta-feira, apoiado por comentários de autoridades do Federal Reserve, que minimizaram a probabilidade de cortes nas taxas de juros, e por um novo surto de compra segura de tensões geopolíticas. As ações chinesas subiram na quarta-feira, aparentemente em antecipação a novos estímulos do banco central chinês. O presidente Donald Trump pediu na terça-feira que o Federal Reserve (FED, o banco central dos EUA) “iguale” qualquer estímulo fornecido pela China para compensar o prejuízo econômico de suas novas tarifas. No entanto, a presidente do Fed de Kansas City, Esther George, alertou em discurso que “taxas de juros mais baixas podem provocar bolhas nos preços dos ativos, criar desequilíbrios financeiros e, em última instância, uma recessão” e colocar a responsabilidade por qualquer risco para a economia americana. crescimento mais lento no exterior, particularmente na China, na zona do euro e no Reino Unido. ” Em uma aparição à parte, o presidente do FED de Nova York, John Williams, advertiu que as tarifas tenderiam a elevar a inflação.

No Brasil , o dólar futuro caiu 0,51% frente ao real, interrompendo três elevações consecutivas que levaram o câmbio ao patamar dos R$4, terminando hoje cotado a R$3,983.

EUR/USD___________________1,12139

GBP/USD___________________1,29180

USD/BRL___________________3,97843

USD/ILS_________ ___________3,57122

Bons Negócios !!__________________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply