AS QUENTES DO DIA 12/06

“Mercado resolveu destravar siderurgia e mineração; se bancos ajudarem, o Ibovespa alcança os 100 mil pontos”
Genildo (@gjtavares)

1- A montadora norte-americana Ford Motor anunciou nesta quarta-feira que abriu um centro de pesquisa em Tel Aviv, tornando-se uma das várias montadoras globais que reforçam as operações em Israel para aproveitar o vibrante setor de tecnologia do país. O centro apoiará os negócios automotivos e de mobilidade da Ford, identificando tecnologias e empresas iniciantes nas áreas de conectividade, sensores, pesquisa de sistemas automatizados, monitoramento em veículos e segurança cibernética, disse a empresa. O anúncio da Ford surge no momento em que empresas de tecnologia e automóveis buscam acesso à expertise israelense em direção automatizada, impulsionando o investimento no país. EUA, fabricante de chips Intel (NASDAQ: INTC), fornecedora alemã Continental AG (DE: CONG), Samsung Electronics (KS: 005930) Co, Daimler AG (DE: DAIGN), Ford Motor Co e General Motors Co (NYSE: GM) estão entre as empresas que compraram startups ou montaram seus próprios centros de desenvolvimento em Israel.

2- A Saudi Arabian Airlines está perto de fazer um pedido multibilionário para aeronaves, pelo menos em parte envolvendo jatos da Airbus, disseram pessoas familiarizadas com o assunto na quarta-feira. A operadora, conhecida como Saudia, vem negociando com a Airbus e a Boeing há vários meses e seu principal executivo disse à Air Transport World em março que uma decisão para aviões como o Airbus A350 ou Boeing 787 era esperado em breve. A encomenda de aeronaves de fuselagem larga, que também pode incluir uma série de aviões narrow-body menores da família A320, pode ser anunciada no Paris Airshow, disseram as pessoas.A Airbus se recusou a comentar. A Saudia Arabian Airlines não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. A Airbus e a Boeing estão disputando encomendas de aeronaves de fuselagem larga que valem mais de 10 bilhões de dólares, enquanto o relógio marca o Paris Airshow da próxima semana, disseram fontes da indústria .

3- Hoje, dois indicadores podem dar pistas sobre a política de juros no Brasil e nos Estados Unidos. Por aqui, logo de manhã serão divulgados dados de vendas no varejo referentes a abril. Se os números vierem fracos, irão corroborar a visão de uma economia que patina, o que pode aumentar as apostas do mercado de que o Banco Central deve mudar seu discurso e apontar para a redução da taxa Selic. A próxima reunião do Comitê de Política Monetária do BC, o Copom, ocorre na quarta-feira da próxima semana. Já nos Estados Unidos sairá o índice de preços ao consumidor, o IPC, que mede a inflação. A depender de como se apresentarem os números – se mostrarão uma tendência baixista pressionada pelos preços do petróleo ou uma altista, sob influência das sobretaxas à China – podem corroborar a expectativa de que o Federal Reserve tende a afrouxar sua política monetária. Fora isso, em um ano dominado pela política, não deixe de estar atento, sempre, ao que acontece em Brasília, incluindo possíveis novos desdobramentos – e publicações – envolvendo o caso ‘Vaza Jato’.

4- O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China Geng Shuang ressaltou nesta terça-feira (11) que o país asiático responderá de maneira firme caso os EUA desejem elevar as tarifas de seus produtos. “A China não quer lutar uma guerra comercial, mas nós não temos medo de travar uma guerra comercial”, disse Shuang, destacando ainda que as conversas serão baseadas na igualdade.

5- A Rússia e a Arábia Saudita levantaram preocupações em torno do horizonte do petróleo em relação a tendência de queda na demanda pela desaceleração global. Os ministros de Energia de ambos os países relataram temores em relação ao óleo bruto durante reunião em Moscou 

6- B3 conclui aquisição de Portal de Documentos com aprovação do Cade – A B3 (B3SA3) comunicou em nota nesta terça-feira (11) que concluiu a aquisição de 100% do capital social do Portal de Documentos, após cumprimento de todas as condições precedentes relacionadas à transação, incluindo a confirmação da aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Neoenergia emitirá cerca de R$ 1,29 bilhão em debêntures –A Neoenergia informou em nota nesta terça-feira (11) que concluiu o procedimento de coleta de intenções de investimentos, conduzido pelos coordenadores com relação à sexta emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em duas séries, de emissão da companhia. Hapvida esclarece questionamento da B3 sobre aquisição – A Hapvida (HAPV3) comunicou em nota na última segunda-feira (10) o esclarecimento diante das requisições da B3 (B3SA3) sobre as operações de aquisição do Grupo São Francisco. PDG Realty informa atualização sobre plano de recuperação judicial – A PDG Realty (PDGR3) informou em comunicado na última segunda-feira (10) o andamento do processo de recuperação judicial da companhia.

Bons Negócios !!________________________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply