UM PLANO PARA GERENCIAR A ANSIEDADE

O que se apresenta como um medo pode não ser seu medo real. A maioria de nós tem medos superficiais que encobrem nossos verdadeiros medos. Eles nos enganam com seus truques, mas podemos ser mais espertos. O que precisamos é de um plano para lidar com a ansiedade.

Digamos que você tenha medo de atravessar pontes. Lembre-se do tempo que sua família estava de férias na cidade de Nova York, e todos eles foram atravessar a ponte do Brooklyn, mas você não conseguiu passar pela entrada da passarela de pedestres? Do que você realmente tinha medo?

Logicamente e superficialmente, você poderia dizer que tinha medo de que a ponte pudesse cair ou que você fosse empurrado para fora dela por algum passante . Mas será que você realmente acreditava que estava correndo algum sério risco, ou era apenas a sua ansiedade instigando a sua mente?

Fundamentalmente, o seu medo de caminhar sobre uma ponte é apenas o simples medo da morte? Certamente, a cena de ver centenas de pessoas que estavam andando com segurança pela ponte deveria ter acalmado seus receios. Mas a ansiedade não é lógica.

O que você estava temendo era perder o bom senso. Você sabe o quão ansioso você fica quando atravessa uma ponte, e está antecipando um ataque de pânico em grande escala.

Se você não identificar o medo real – seu medo de ter um ataque de pânico em uma ponte – você nunca o eliminará. Você nunca abordará o medo de sua própria ansiedade se continuar raciocinando com seus temores superficiais. Se você quiser atravessar a ponte, em certo momento você terá que aceitar que pode conseguir. Você terá que elaborar um plano para lidar com a sua ansiedade e se fortalecer em seus pensamentos tornando-os positivos. Talvez tenha antes que mapear onde estão os bancos, para saber onde você pode se sentar caso tenha um ataque de pânico intermediário. Você terá que elaborar um plano com sua família para tirá-lo do ataque na ponte. Dirá a eles como você precisa da sua ajuda para orientá-lo; o que o acalma e o que não alivia seu pânico. Com o seu plano, provavelmente você passará pela ponte sem ter um ataque de pânico. A mente humana gosta de preparação, antecipação.

Não tome seus medos pelo valor nominal. Quando estiver com medo, aprofunde-se. Em seguida, planeje lidar com o medo em sua raiz.

Exercício: Identifique um medo que você tenha. Procure pensar qual é a origem deste medo. Prepare a sua mente com outros pensamentos, desviando a chance de temer uma situação imaginária, uma hipótese e que não é real. Espante seus medos.

Por Simon Jacobson Rabino Simon Jacobson é autor do campeão de vendas Rumo a Uma Vida Significativa: A Sabedoria do Rebe(William Morrow, 1995), e fundador e diretor do Meaningful Life Center.© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.

Shabat Shalom !!

Be the first to comment

Leave a Reply