OURO, PETRÓLEO E CAMBIO 17/09

Os preços do ouro lutam por direção até que a Chair Powell e a empresa tenham explicado para onde estão se dirigindo, proporcionando outro corte de 25bps na taxa de juros amplamente esperado. A relutância dos funcionários em se comprometerem pode esfriar a especulação dovish, prejudicando o metal amarelo e o petróleo.
Os preços do ouro estão mostrando os contornos de um topo de baixa de Head and Shoulders (H&S)(um dos gráficos usado no Forex , eu, particularmente, não uso este). A confirmação de um fechamento diário abaixo de 1480,00 implicaria um objetivo negativo medido dentro de um bigode do valor de US $ 1400 / oz, embora o suporte provisório na zona 1437.70-52.95 deva ser liberado ao longo do caminho. Como alternativa, um retorno acima de 1523,05 coloca o nível de inflexão do gráfico semanal em 1563,00 em foco.

Os mercados de petróleo estão enfrentando incertezas sobre quanto tempo levará a Arábia Saudita a restaurar a produção após os ataques devastadores que derrubaram 5% da oferta mundial de petróleo.
À medida que a produtora estatal de petróleo Saudi Aramco fica menos otimista de que haverá uma rápida recuperação após os ataques que cortam a produção do país pela metade, os investidores estão buscando clareza sobre o quão ruim pode ser. Inicialmente, dizia-se que volumes significativos poderiam começar a fluir novamente dentro de dias, mas as autoridades sauditas disseram mais tarde a um diplomata estrangeiro que enfrentavam uma perturbação “grave” medida em semanas e meses.
“Houve uma mudança real no entendimento da rapidez com que a produção perdida voltará a ficar on-line”, disse Ann Berry, parceira da Cornell Capital LLC, em entrevista à Bloomberg TV. “A reação original foi que 100% voltariam muito rapidamente, agora a perspectiva será muito mais conservadora do que isso”.

O dólar foi mais alto no início das negociações na Europa na terça-feira, com o medo de um aumento sustentado dos preços do petróleo e o conflito no Golfo Pérsico reduzirem os ativos de risco antes da reunião de política de dois dias do Federal Reserve dos EUA.
Esperava-se quase universalmente que o FED reduzisse em 25 pontos-base o alcance da meta para a taxa de fundos na reunião desta semana até os últimos dias, quando dados de vendas no varejo mais fortes do que o esperado e dados de opinião do consumidor, juntamente com esperanças de um avanço na disputa comercial com a China, pareceu enfraquecer o argumento de flexibilização.
O aumento nos preços do petróleo desde o ataque de fim de semana à Arábia Saudita obscureceu ainda mais o cenário, na medida em que provavelmente levará a alguma pressão inflacionária enquanto os preços do petróleo continuarem altos.
De acordo com a ferramenta de monitoramento de taxas do FED , a chance de um corte na taxa na quarta-feira caiu para menos de 65%.
No entanto, analistas do ING argumentaram que os principais impactos de um choque de petróleo ainda são essencialmente otimistas para o dólar.
“A menos que o Fed se torne excepcionalmente dovish, preocupado com o fato de um choque do petróleo minar a principal fonte de crescimento dos EUA – consumo -, parece que o dólar pode permanecer relativamente lance e o EUR / USD afunda em uma faixa de 1,05-1,10 no final do ano”, Chris Turner, chefe global de estratégia de câmbio e taxas, disse em uma nota de pesquisa.
O euro estava em US $ 1,1012, com o mercado de olho no primeiro grande indicador de confiança do mês, o índice alemão ZEW, com vencimento às 5h (horário de Brasília).

No Brasil , o dólar encerrou próximo à estabilidade contra o real na segunda-feira, primeiro dia de uma semana marcada por reuniões de bancos centrais globais, com investidores monitorando os desenvolvimentos das tensões no Oriente Médio após um ataque de drones às instalações de petróleo na Arábia Saudita. Para Camila Abdelmalack, economista-chefe da CM Capital Markets, as oscilações do dólar na sessão se deram pela quantidade de fatores externos acontecendo ao mesmo tempo, como as expectativas sobre as reuniões dos BCs globais, dados fracos da China e as tensões na Arábia Saudita.

XAU/USD________1497,48_____EUR/USD______ __1,10106

XAG/USD_________17,833_____GBP/USD_________1,24045

USOIL____________62,133_____USD/BRL__ ______4,09050

UKOIL____________67,962_____USD/ILS___ ______3,56094

COBRE_______ ___2.61767__ __USD/CHF_________0,99145

Bons Negócios !!__________________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply