BRASIL NO PRIMEIRO MUNDO! EUA RETIRA O STATUS DE PAÍS EM DESENVOLVIMENTO

A imprensa procurando colocar como um mal negócio para o Brasil ser tratado de igual para igual pelas nações do primeiro mundo , não se deixe enganar , Viva o Presidente Bolsonaro e Viva o Brasil no Primeiro Mundo!!

A decisão do governo norte-americano de retirar o status de país em desenvolvimento do Brasil e de mais 24 países em investigações comerciais é negativa e ilegal, avalia a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em nota, a entidade afirma que a decisão contrariou regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), por ter sido feita de forma unilateral.

Na segunda-feira (10), os Estados Unidos anunciaram a medida, que na prática corta privilégio em exportações de economias em desenvolvimento. Com a mudança, o governo de Donald Trump tem maior margem para aplicar barreiras comerciais, como sobretaxas, a produtos brasileiros caso comprovem que as mercadorias são subsidiadas acima de um teto.

Em março do ano passado, o Brasil abriu mão do status de país em desenvolvimento na OMC em troca do apoio dos EUA para ingresso à OCDE, o grupo dos países ricos (Imagem: Robert Nyman/Unsplash)
Na rede social Twitter, o assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Filipe Martins, escreveu que a decisão não afetará o Brasil.

Isso porque não há nenhuma investigação de subsídios em curso nos Estados Unidos sobre produtos brasileiros nem previsão de que isso possa ocorrer no futuro próximo.

Segundo ele, por causa das medidas de redução de subsídios e de intervenções estatais, o Brasil está usando a mudança a seu favor na construção de uma nova relação estratégica com o governo norte-americano.

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República divulgou em seu Twitter na noite de hoje (11) postagens sobre a posição norte-americana de rever a lista de países em desenvolvimento, retirando o Brasil dessa categoria.

Segundo os tuítes, a decisão dos EUA “não causa prejuízos ao Brasil”. “A medida do governo norte-americano é pontual e específica e tem como objetivo combater eventuais subsídios desleais que podem ser adotados por outras nações.”

Em um segundo tuíte, a Secom reitera que a “decisão norte-americana não afeta em nada a vida dos brasileiros”. “Não há chance de haver prejuízo financeiro ou comercial ao país, uma vez que não há em curso nenhuma queixa ou investigação por parte dos norte-americanos em relação a subsídios a produtos brasileiros.”

A Secom destacou que o Brasil há previsão de que ocorra nenhuma queixa ou investigação contra o Brasil nos próximos anos e que o país “vive novo momento”. “Nossa economia está sendo modernizada. A intervenção estatal foi trocada pela liberdade econômica. O Brasil pratica política econômica alinhada com as melhores práticas do mercado.” Fontes: https://www.moneytimes.com.br/eua-ditam-as-regras-do-jogo-brasil-e-mais-24-paises-perdem-status-de-pais-em-desenvolvimento/ https://www.moneytimes.com.br/governo-bolsonaro-ameniza-retirada-do-brasil-de-lista-dos-eua-nao-causa-prejuizo/

Bons Negócios !!

Be the first to comment

Leave a Reply