O SATELITE SOLAR ORBITER VAI REVELAR OS MISTERIOS DO SOL? (COM VÍDEO)

O foguete Atlas V Solar Orbiter foi lançado ao espaço em uma missão para capturar imagens dos pólos do Sol, em uma tentativa de prever os efeitos da estrela na Terra.

A sonda, uma Agência Espacial Européia e a colaboração da NASA, deve chegar a 43 milhões de quilômetros da superfície da estrela para realizar explorações sem precedentes.

O avião decolou às 23h03 de domingo, horário da Flórida (0403 GMT), iluminando a base icônica de Cabo Canaveral ao iniciar sua jornada de dois anos em direção ao sol.

O orbitador dependerá da atração gravitacional da Terra e Vênus para a jornada histórica.

Gunther Hasinger, diretor científico da ESA, descreveu como “maravilhoso”, acrescentando, com um grande sorriso, que parecia que estava viajando para a Lua.

Hasinger disse que o pitoresco lançamento foi como algo fora do cinema.

O foguete que carregava o orbital se curvava no céu noturno e parecia como se estivesse destinado à lua cheia brilhando intensamente no céu da Flórida.

Cerca de 57 minutos após o lançamento, as operações da ESA de Darmstadt, Alemanha, informaram que os controladores haviam adquirido um sinal da sonda.

Logo depois, implantou seus painéis solares e começou sua jornada.

É uma missão sem precedentes para o Sol que deve nos ajudar a entender como as mudanças no comportamento da estrela, variações na heliosfera, ventos solares indisciplinados e explosões solares afetam o meio ambiente no planeta Terra.

A missão também tentará desvendar as origens do campo magnético do Sol, que é responsável pela atividade e comportamento do Sol e passa por ciclos de 11 anos.

“No final de nossa missão Solar Orbiter, saberemos mais sobre a força oculta responsável pela mudança de comportamento do Sol e sua influência em nosso planeta natal do que nunca”, disse Hasinger em comunicado à ESA.

Apesar da aparência pacífica do Sol da Terra, a estrela é um ambiente volátil com um fluxo constante de atividade frenética.

Prever e entender melhor os períodos do chamado clima espacial ajudará os terrestres a prever tempestades solares, que são eventos extremamente perturbadores e têm a capacidade de derrubar redes elétricas inteiras e de telecomunicações e tráfego aéreo, entre muitas outras coisas.

Um maior entendimento das tempestades solares também ajudará a proteger os astronautas na Estação Espacial Internacional e aqueles que em breve retornarão à Lua.

Mas, para capturar as imagens das regiões polares do Sol, que não podem ser vistas da Terra, o Solar Orbiter alcançará uma inclinação de 17 graus acima e abaixo do equador solar e, se a missão for estendida, a sonda poderá atingir uma inclinação de 33º. .

A missão verá o Solar Orbiter passar a 43 milhões de quilômetros da superfície do Sol, o que levará a sonda mais perto do Sol do que Mercúrio.

Viajar a uma distância de 43 milhões de quilômetros do Sol implicará a sobrevivência de um ambiente altamente hostil de mais de 500 graus Celsius e altos níveis de radiação, que foi o maior obstáculo a ser superado pelos cientistas antes da missão.

A sonda é envolvida por um protetor solar protetor que a ESA descreve como um “sanduíche de 3,1 por 2,4 metros de película isolante multicamada de alta temperatura com uma superfície tratada com preto”.

Isso permitirá que a nave suporte não apenas as fortes temperaturas do Sol, mas também as temperaturas geladas do espaço profundo.

A sonda será equipada com câmeras e contará com o Solar Orbiter para ser seus olhos.

O Solar Orbiter ou Black Bird, como a equipe o chama, é uma espaçonave cubóide de cerca de três metros e pesa 1.730 kg.

A sonda possui dez instrumentos, seis telescópios, seis painéis solares, quatro antenas e 27 sensores.

Apesar da aparência pacífica do Sol na Terra, a estrela é um ambiente volátil com atividade frenética.

Este é o fim de um longo caminho e agora e um futuro emocionante aguardam, afirmou o cientista do projeto Solar Orbiter da Daniel Müller ESA. Fonte: http: //www.laht.com/article.asp? ArticleId = 2488467 & CategoryId = 13936 & utm_source = feedburner & utm_medium

Bons Negócios !!

Be the first to comment

Leave a Reply