DÓLAR OURO PETRÓLEO B3 01/07 (COM MEDO DA SEGUNDA ONDA DO COVID-19, OURO BATE RECORDE)

Os preços do ouro continuam em alta. O fato é que a queda dos rendimentos reais, graças à política monetária expansionista, aliada à incerteza econômica global provocada pela pandemia de coronavírus, levou os comerciantes a se diversificarem em metais preciosos.

Os preços do petróleo subiram mais de 1% na quarta-feira, depois que os dados mostraram que os estoques de petróleo nos Estados Unidos caíram muito mais do que o esperado, sugerindo que a demanda está melhorando, mesmo quando o surto de coronavírus se espalha pelo mundo.

O euro marcou uma faixa de quase 3% em relação ao dólar americano no mês passado, apesar da volatilidade.

No Brasil, espera-se que o dólar recue um pouca da sua alta de ontem, pois no ano já sustenta valorização de 35% em relação ao real.

As bolsas de valores fecharam o dia em alta, encerrando com chave de ouro o mês de junho e um segundo trimestre de forte recuperação das perdas com o coronavírus de março. O índice Dow Jones Industrials subiu 0,27% no mês e 17,77% no trimestre, o melhor resultado em 33 anos, enquanto o Ibovespa ganhou 8,76% em junho e 30,2% em três meses. O trimestre excepcional reflete uma recuperação das perdas provocadas com o início da pandemia de Covid-19. Mas ainda está longe de zerar o prejuízo no ano, que está em 9,55% no Dow e em 17% no Ibovespa. A retomada foi sustentada pela injeção maciça de recursos de bancos centrais e governos e pela manutenção dos juros nas economias desenvolvidas perto de zero ou negativos.

XAU/USD________1787,38______EUR/USD________1,12264

XAG//USD________18,377_______GBP/USD________1,23942

USOIL____________40,505______USD/BRL________5,31720

UKOIL____________42,544______USD/ILS_________3.45555

COBRE___________2.73322______USD/CHF________0,94688

Bons Negócios !! _____________Yochanan Pinchas

Be the first to comment

Leave a Reply